Ir ao banheiro pode virar um gatilho emocional

Na imagem tem uma porta a direita adesivada com ícone de cadeirante. Ao centro em azul a frase Ir ao banheiro pode virar um gatilho emocional. No rodapé, a marca do blog. Fim da descrição.

O sol brilhava naquele azul sem nuvens. Podia ser o início de uma história de verão, mas era o começo do outono e a promessa de um frio mais intenso do que os outros. Antigamente eu gostava dessas mudanças de estações, mas a gente cresce, o corpo se torna mais sensível com a falta de … Continuar lendo Ir ao banheiro pode virar um gatilho emocional

Anita Malfatti, corpo e arte em questionamento

Imagem com fundo azul e roxo, na parte superior está a frase-título "Anita Malfatti, corpo e arte em questionamento". Ao lado, a imagem de Anita em preto e branco. Ela é branca, aparenta ter 50 anos e usa uma roupa social. Está com uma expressão serena e sorrindo. No rodapé está a marca do blog. Fim da descrição.

Há tempos venho tentando escrever este texto, mas não encontrava o momento adequado para tal. Esperei pela pausa dos acontecimentos, mas com o (des)governo atual será bem difícil encontrarmos espaços para estabilidades. Além dessas peripécias políticas, por aqui a coisa girou. O mestrado veio com seus infinitos textos recheados de filosofias e prazos minúsculos, como … Continuar lendo Anita Malfatti, corpo e arte em questionamento

A Barbie não transa, mas eu sim!

Barbie não transa

Por Luana Milan A famosa boneca da Mattel, muitas vezes usada para representar nosso ideal de corpos reais, falha em não possuir a principal característica de toda mulher: sua xoxota. O padrão mais desejado de face e corpo ainda hesita em divulgar o que todas temos em comum. O medo de sexualizar a maior ferramenta … Continuar lendo A Barbie não transa, mas eu sim!

Se for para rir, que seja comigo

Há sempre um tema recorrente em discussões em grupos de movimentos sociais: qual o limite da piada? Muitos foram os casos de manifestações inflamadas nas redes sociais contra comediantes que por descuido ou não deslizaram no tom de suas apresentações. Algumas pessoas acreditam no humor desmedido, livre de censuras e moralidades. Outros, defendem a ideia … Continuar lendo Se for para rir, que seja comigo

Qual é a voz do seu corpo?

Se me perguntarem uma das palavras para representar a tendência visual da nossa época, sem dúvida responderia "corpo" ou "auto imagem". Acredito que não houve em outro momento um sentimento de controle do corpo, ou body control, como a atual. Somos donos da nossa identidade e a usamos para nos reafirmar. A selfie na frente … Continuar lendo Qual é a voz do seu corpo?

Nós também sangramos

Muito se fala sobre a sexualidade das pessoas com deficiência, sempre ressaltando as dificuldades em encontrar parceiros ou em alternativas para tornar o ato sexual mais viável e prazeroso. Nesse campo, para as mulheres com deficiência o assunto se restringe aos seus corpos e como lidar com a normatização social sem perder sua autoestima. Entretanto, sexualidade … Continuar lendo Nós também sangramos