A Barbie não transa, mas eu sim!

Por Luana Milan A famosa boneca da Mattel, muitas vezes usada para representar nosso ideal de corpos reais, falha em não possuir a principal característica de toda mulher: sua xoxota. O padrão mais desejado de face e corpo ainda hesita em divulgar o que todas temos em comum. O medo de sexualizar a maior ferramenta … Continue lendo A Barbie não transa, mas eu sim!

Publicidade

Qual é a voz do seu corpo?

Se me perguntarem uma das palavras para representar a tendência visual da nossa época, sem dúvida responderia "corpo" ou "auto imagem". Acredito que não houve em outro momento um sentimento de controle do corpo, ou body control, como a atual. Somos donos da nossa identidade e a usamos para nos reafirmar. A selfie na frente … Continue lendo Qual é a voz do seu corpo?

A diferença entre ser amado e ser “útil”

O texto abaixo foi escrito pelo Pe. Fábio de Melo sobre envelhecimento, mas pode facilmente ser compreendido e interpretado também para nossa realidade de pessoa com deficiência. Portanto, boa leitura. Por Pe. Fábio de Melo “Você ter utilidade pra alguém é uma coisa muito cansativa. Tá certo, realiza. Humanamente falando é interessante você saber fazer as … Continue lendo A diferença entre ser amado e ser “útil”

Solidão da pessoa com deficiência

Dia 12 de junho, dia dos namorados. Timeline invadida por fotos seguidas de declarações de amor. Não importa o tempo do relacionamento, vale apenas o registro. Presentes, encontros, agradecimentos e toda forma legítima de deixar claro aos quatro cantos da tela o quão feliz e aventurado é aquele que possui um amor. É claro que … Continue lendo Solidão da pessoa com deficiência

Amor em cotas

O ano de 2015 foi atípico para muitas pessoas em vários aspectos.  Motivos não faltam para justificar essa onda negativa. A crise econômica gerada pelo aumento do dólar e a instabilidade política em nosso congresso contribuíram para uma sensação de desmotivação generalizada e a desesperança por dias melhores. Além disso, pessoalmente, posso dizer que não houve … Continue lendo Amor em cotas

O que tem a oferecer

Inicialmente gostaria de agradecer a todas que compartilharam meu texto "Feminismo sobre rodas" nas redes sociais. Foram tantas mensagens carinhosas que turbinaram meus ânimos e ativaram a vontade de continuar a caminhada. Bom saber que não estou sozinha nesta bad trip. Mas como todos os dias é um 7x1 diferente, trouxe mais um ponto a ser … Continue lendo O que tem a oferecer

Feminismo sobre rodas

Antes de iniciar esse texto gostaria de deixar um recado para os deboístas: não continuem a leitura. Esse texto não tem nenhum propósito de ser leve, ao contrário será tal como a realidade é. Ácido, doloroso e duro. Engana-se quem pensar que estou sendo gratuitamente radical ou apresentarei algo que não corresponde a sua experiência de vida. Se este último … Continue lendo Feminismo sobre rodas