O que enxergamos no outro?

O homem que sofre de uma deficiência visível, quanto a ele, não mais pode sair de casa sem provocar os olhares de todos. Essa curiosidade incessante é uma violência tão mais sutil que ela não se reconhece como tal e se renova a cada passante que é cruzado. (p.75)David Le Breton – A sociologia do … Continue lendo O que enxergamos no outro?

O que aprendemos com o episódio da Havan?

Se há uns quatro anos dissessem que receberia em meu whatsapp um vídeo de um empresário reclamando da obrigatoriedade de acessibilidade em sua loja, provavelmente minha primeira reação seria rir e desacreditar em tamanha audácia. Ninguém seria tão cara de pau assim. Os anos passaram, as coisas mudaram e hoje vemos que isso não só … Continue lendo O que aprendemos com o episódio da Havan?

Cinema feito por pessoas com deficiência: por que tão incomum?

Imagem de destaque

Por Victor Di Marco Pare e pense por um instante. Qual foi a última vez que você viu uma pessoa com deficiência ocupando algum espaço? Você olhou para essa pessoa? Encarou-a? Sentiu pena? O que veio a sua cabeça? Era uma pessoa de cadeira de rodas? Alguém com dificuldades motoras? Você já interagiu com alguma … Continue lendo Cinema feito por pessoas com deficiência: por que tão incomum?

Das engrenagens…

Por Manoella Back Estava eu, serelepe, apressada e atrasadinha para ir ao trabalho. Alííívio! Assim que cheguei ao ponto, subi no ônibus. O bom dia para o motorista e cobradora não diminui o teor dos olhares que recebemos quando passamos pela catraca com cartão ou “passe” de gratuidade. Ora, é de manhã e todo mundo … Continue lendo Das engrenagens…

Ir ao banheiro pode virar um gatilho emocional

Na imagem tem uma porta a direita adesivada com ícone de cadeirante. Ao centro em azul a frase Ir ao banheiro pode virar um gatilho emocional. No rodapé, a marca do blog. Fim da descrição.

O sol brilhava naquele azul sem nuvens. Podia ser o início de uma história de verão, mas era o começo do outono e a promessa de um frio mais intenso do que os outros. Antigamente eu gostava dessas mudanças de estações, mas a gente cresce, o corpo se torna mais sensível com a falta de … Continue lendo Ir ao banheiro pode virar um gatilho emocional

Anita Malfatti, corpo e arte em questionamento

Imagem com fundo azul e roxo, na parte superior está a frase-título "Anita Malfatti, corpo e arte em questionamento". Ao lado, a imagem de Anita em preto e branco. Ela é branca, aparenta ter 50 anos e usa uma roupa social. Está com uma expressão serena e sorrindo. No rodapé está a marca do blog. Fim da descrição.

Há tempos venho tentando escrever este texto, mas não encontrava o momento adequado para tal. Esperei pela pausa dos acontecimentos, mas com o (des)governo atual será bem difícil encontrarmos espaços para estabilidades. Além dessas peripécias políticas, por aqui a coisa girou. O mestrado veio com seus infinitos textos recheados de filosofias e prazos minúsculos, como … Continue lendo Anita Malfatti, corpo e arte em questionamento

Um olhar sobre a deficiência

Imagem com fundo avermelhado com uma ilustração de uma pessoa andando de bengala em frente a um painel com várias ilustrações de pessoas com deficiência. No meio a frase em branco "Um olhar sobre a deficiência" e no rodapé, também em branco, o logo do blog.

Por Amanda Gondim Oi pra você que está lendo esse texto com seus olhos, espero que seja interessante porque confesso que por conta da minha baixa visão eu levei um tempo maior do que geralmente levaria. #pratodosverem Foto de Amanda estilo selfie. Ela tem cabelos castanhos um pouco ondulados, está com um sorriso delicado. Está … Continue lendo Um olhar sobre a deficiência