Hino Nacional, goiabeira e nós!

Imagem de uma mão segurando uma goiaba no pé, na fruta está a bandeira do Brasil. Acima da imagem a frase "Hino Nacional, goiabeira e nós!"na cor branca. No rodapé, a direita, a marca do blog.

Por Manoella Back

Esse negócio do Hino Nacional tá dando pano para manga na bolha social de vocês também? Os “véio” – aqui me refiro ao velho em espírito e não em idade – quando ficam “véios” ficam saudosistas e, se não se abrem para os novos tempos, ficam conservadores! 

– Ahhh, mas eu ia na homenagem cívica, tinha aula de OSPB e, na minha época, tínhamos deveres antes de direitos e blá, blá, blá…

ZzzzzzzzzZzzzzzzzz…

Dei um baita bocejo aqui…

É sério!

Os caras pálidas podem ter título de doutor. Mas ainda não se tocaram que direitos e deveres são vias de mão dupla. Não precisa de um para ter o outro, mas eles vão aparecer concomitantemente. Não inventem de filmar nossa gurizada no que julgam importante! É ilegal e qualquer pessoa que já perambulou por escolas deveria saber disso. Mas ensinem o Estatuto da Criança e do Adolescente: Blumenau, cidade em que vivo, é um caso à parte. Mas pensem o quanto sofrem as crianças no interior desse país a fora.

Os índices de suicídios, embora pouquíssimo divulgados, só aumentam: em 16 anos o aumento do suicídio foi de 73%. Por que ninguém nos ensina a cuidar dos nossos sentimentos?  Nossas meninas morrem e, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, mais da metade os estupros ocorridos em 2016 foram cometidos contra menores de 13 anos. Os meninos sofrem com uma tal de “masculinidade” doente e socialmente aceita. 

Em vez de tratar a raiz, preferem ver Jesus na goiabeira usando azul porque nem ele mais pode ser o ser subversivo que, em verdade bíblica, foi!

Esses tempos malucos estão jogando nossa cara o quão importante é a política do costume, da cultura e do SER! Mais do que cifrões e intervenção (ou não) do Estado na economia, a política tá aí – e sempre teve – em cada um dos nossos passos.

Cabe a nós seguirmos os próximos. Semear a nossa própria goiabeira de forma com que dela só nasça igualdade e ideais em concretude, já que hino ou bandeira não nos garantem isto.

Fontes: GIANNINI, Deborah LISBÔA, Gabriela. Estável, suicídio entre jovens ainda é a quarta causa de morte no país. Disponível em: < https://noticias.r7.com/saude/estavel-suicidio-entre-jovens-ainda-e-quarta-causa-de-morte-no-brasil-21052018 > Acesso em: 26.02.2019

SALGADO, Daniel. Atlas da Violência 2018: crianças são as maiores vítimas de estupro no país. Disponível em: < https://oglobo.globo.com/brasil/atlas-da-violencia-2018-criancas-sao-maiores-vitimas-de-estupro-no-pais-22747251 >Acesso em: 26.02.2019


Manoella Back é jornalista, especialista em Cultura & Literatura, aquariana-louca-da-astrologia, fã de Harry Potter, samba, teatro, cerveja e MPB. Luta por um mundo melhor por meio da justiça, direitos humanos e promoção da igualdade.

Anúncios

Gostou do texto? Deixe seu comentário, adoraria saber sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s